As explicações que damos aos nossos filhos são tão importantes quanto nossas atitudes.
 
Apresentamos, a seguir, alguns conselhos para que, mediante o seu exemplo, você consiga que seus filhos vivam a Eucaristia, a respeitem e se comportem adequadamente na missa.
 
1. Sentar-se nos bancos da frente: assim, evitamos distrações e vemos melhor o que está acontecendo no altar; os filhos ficam mais atentos.
 
2. Cuidar a maneira de se vestir: ir à missa não é a mesma coisa que ir à praia.
 
3. Chegar pontualmente: cuidamos da pontualidade em muitos outros campos da nossa vida, mas neste ela é essencial; ou você quer fazer Jesus esperar? Em outros contextos, você faria uma pessoa importante esperar?
 
4. Participar ativamente: que seus filhos ouçam você respondendo, acompanhando o folheto da missa, para que aprendam. Vale a pena dirigir-lhes o olhar de vez em quando, motivando-os a participar também.
 
5. Cantar:as crianças adoram cantar. É recomendável participar de missas nas quais haja cânticos.
 
6. Que nos vejam prestando atenção e orando: por exemplo, depois de comungar; podemos convidar os filhos a ficar de joelhos e rezar também.
 
7. Não comer, nem usar o celular, nem conversar: este é um espaço de conexão com Deus e precisamos estar concentrados neste propósito. Há um momento para cada coisa e, durante a missa, estamos atentos à Palavra, ou seja, sem distrações (que também são uma falta de respeito).
 
8. Respeito ao padre: quando ele entra, ficamos em pé, e esperamos ele sair para depois deixar a igreja.
 
9. Missa para crianças: em algumas paróquias, há missas especiais para crianças, nas quais tornam o Evangelho mais compreensível ao público infantil durante a homilia, têm cânticos voltados para as crianças etc.
 
10. As broncas não são a melhor maneira de educar. Se a hora de arrumar-se para ir à missa se torna um campo de batalha, você está formando em seus filhos uma atitude negativa com relação à celebração eucarística. É melhor motivá-los e convidá-los sem obrigações nem castigos. Procure fazer que seus filhos compreendam serenamente que é importante visitar o Menino Jesus em sua casa, como costumam fazer com seus avós e amigos aos finais de semana.

Fonte : Aleteia