Entre os dias 30 de maio a 08 de junho do ano corrente aconteceu em Formosa, Goiás,  a tradicional festa do Divino Espirito Santo, tendo como lema: “É para liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1). A festa teve neste ano como imperador: Jose Reinaldo de Sousa Filho, e como folião: Bruno Rogério de Araújo que, junto à Igreja, lideraram a organização de tão grande evento. A festa contou com diversos eventos acontecidos tanto na cidade quanto nas regiões rurais.

 O principal objetivo foi o crescimento espiritual daqueles que participaram direta ou indiretamente das atividades programadas, especialmente daqueles que receberam em casa o “giro” da folia. Na folia da roça os participantes se encontraram em determinadas fazendas ou chácaras, fazendo todo o ritual tradicional. Em seguida foi servida uma refeição a todos os presentes. E isso se estendeu a todos o lugares e  respectivos dias da festa.

Na cidade aconteceu um giro no último sábado, quando se deu o encontro entre o giro da folia da roça e o da cidade, reunindo cerca de 7000 pessoas pelas ruas da cidade.  No último dia, domingo, aconteceu a missa de encerramento dos festejos e também o sorteio dos novos imperadores e foliões da roça e da cidade que irão liderar a organização do evento no ano de 2015.

A festa contou com uma estrutura muito organizada e isso exigiu de todos que estavam na organização muito empenho e dedicação, provando mais uma vez que a Igreja continua “viva”, pois, eventos como estes mostram que a nossa missão de anunciar Jesus a todos os povos continua sendo exercida por meio das mais diversas manifestações religiosas. A Festa do Divino Espirito Santo é uma demonstração concreta disso.

Por Seminarista Kennedy Ferreira