O povoamento de Mambaí iniciou-se na segunda metade do século XIX, nas margens do córrego Riachão, por elementos vindos do vizinho Estado da Bahia, com o objetivo de extrair a borracha da mangabeira, abundante na região.

Os primeiros habitantes foram: Eduardo Moreira dos Santos, Gustavo Olímpio, Ioiô Mendes, Joaquim Maroto, que além da extração da borracha, no período inicial, dedicaram-se à formação de lavouras e pastagens. O povoado nascente recebeu o nome de Riachão, derivado do córrego que banhava a localidade, e era subordinado ao município de Posse.

Altera-se o nome Riachão para Mambaí, pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31/12/1943.
Com a edificação de uma capela em louvor à padroeira Nossa Senhora da Conceição e o movimento de tropeiros com destino à Bahia, gradativamente, intensificaram-se as atividades comerciais e a pecuária, sua principal fonte de renda, elevando-se o povoado à condição de distrito por Lei Municipal cujo documento não foi localizado, com a nova denominação de Mambaí, de origem desconhecida.

Fonte: IBGE


Paróquias