Quarta-feira da XXXI Semana do Tempo Comum
Evangelho – Lucas 14,25-33

No Evangelho de hoje Jesus deseja discípulos que o sigam por inteiro, colocando-o em primeiro lugar, doando sua vida inteiramente à Ele, permitindo que Ele seja o Senhor da sua história, aquele a quem serve de corpo e alma e não pela metade.

Por isso hoje a palavra que Ele usa insistentemente é renúncia e desapego! Um verdadeiro seguidor de Jesus exerce essas características de fato: desapega-se de bens materiais, de pessoas, enfim, de tudo que possa se tornar mais importante que o mestre Jesus. Nada pode ser mais importante que Jesus em nossas vidas! Somente a Ele a honra, a glória e o Louvor! Nada nem ninguém pode estar em seu lugar, seja em nossos pensamentos, seja em nossos sentimentos, sejam em nossas ações. Tudo deve convergir para Ele! Os desapegos a tudo que nos afasta dele são necessários para uma vida livre para segui-lo.  Quem se apega, com o que quer que seja, fica prisioneiro daquilo ou daquela pessoa ou situação. Quem segue Jesus é livre!

As ações ficam por conta de cada um de nós. Renunciar a tudo que nos afasta Dele é tarefa diária em nossa vida. Quanto mais vamos renunciando a vícios, as mágoas e ressentimentos, a pessoas que nos oprimem e nos tiraram de Deus, mais vamos nos aproximando de Jesus, enchendo o coração de sua presença e vamos nos enchendo de amor, de fé, de paz, de santidade.

O convite feito a cada um é que escolhamos hoje qual caminho seguir: se o do mundo ou o de Jesus!

Permitamos que Ele se torne o Senhor de nossas vidas e com certeza seremos um povo feliz, confiante que “tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus”!

Deus te abençoe sempre!

Padre Joaquim Regis Filho
Pároco da Paróquia São Domingos de Gusmão em São Domingos–GO