Diocese de Formosa-GO

18.5 C
Formosa
sábado, 6 junho, 2020 - 08:42 AM

IV Domingo da Páscoa

-

“Eu sou a porta das ovelhas” (Jo 10,7)

Cristo ressuscitado, é nossa Páscoa, é nosso Pastor, é nossa porta para Deus. Temos um pastor que se compadece das nossas fraquezas. Esse pastor é Senhor, ou seja, é Deus, tem soberania sobre todas as coisas. Nosso pastor também é o Cristo, o ungido de Deus, feito homem para nossa salvação. Nosso pastor é também Jesus, nossa salvação, Deus que nos salva, nossa porta de acesso a Deus.

Jesus Cristo é o Bom Pastor, que diferentemente de todos os outros pastores que apenas cuidam da vida das ovelhas, ele dá a elas sua própria vida. Comunica as suas ovelhas a sua fortaleza, sua vida, sua força, sua salvação.

Através de Jesus Cristo temos acesso a Deus, não obstante a nossa fraqueza. Assim o Senhor afirma sobre si mesmo: “Eu sou a porta das ovelhas” (Jo 10,7). Por esta porta somos salvos, passamos por Ele e encontramos pastagens, Nela temos vida em abundância.

Quem entrar por mim, será salvo” (Jo 10,9). Somos necessitados de salvação, basta olhar a nossa fraqueza, nossa limitação diante do sofrimento, da enfermidade, do pecado e da morte. Há uma fraqueza ínsita em nossa natureza que clama pela salvação que vem de Deus. Este Deus que pode nos salvar é Jesus Cristo, o Bom Pastor, a Porta, pela qual entramos e podemos encontrar salvação.

Pela fé podemos entrar nesta Porta de salvação que é Jesus Cristo. Pela fé temos acesso a Ele e a sua salvação. Como o Senhor se mostra aberto para nós, nos permitindo entrar e participar da sua vida. Ousemos também nós permitir que ele possa entrar e fazer parte da nossa vida, das nossas escolhas, das nossas decisões. “Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo” (Ap 3,20).

O Senhor, o Bom Pastor, não se cansa de nos procurar. Tenhamos pois a humildade de procura-Lo, de escutá-lo, porque “as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz” (Jo 10,4). É certo que o mundo barulhento nos engana com outras vozes tentadoras, para que não escutemos a voz de Deus. Nos condicionando a ouvir as vozes dos lobos que matam e destroem. Quantos crentes já perderam a fé porque começaram a escutar o mundo com suas promessas falsas, e hoje se encontram vazios, sem rumo, sem direção. Sem escutar o Bom pastor não temos salvação. Mas nunca é tarde para voltar, o Senhor é sempre uma porta aberta para os pecadores que procuram a reconciliação.

Entrará e sairá e encontrará pastagem” (Jo 10,9). Não há quem tenha entrado em Cristo e O acolhido em sua vida que não tenha saciado sua fome de felicidade. O Senhor nos alimenta com sua pastagem, com sua palavra, com sua graça, como o seu corpo e sangue na Eucaristia. Sem este alimento que vem de Deus o ser humano, aos poucos, se animaliza. Porque sem esse alimento vai morrendo espiritualmente. Tornando-se cada vez mais escravo dos instintos e desejos desordenados e dos vícios. O homem sem o alimento que vem de Deus, torna-se escravo de suas próprias vontades. Por isso a oração do Senhor nos ensina a pedir: “Seja feita a vossa vontade”.

Por fim, somente em Deus encontramos vida em abundância: “Eu vim para que tenham a vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). Somente existe abundância de vida em Deus, porque Ele é a fonte da vida. Sem Deus a vida neste mundo se torna insuportável. Sem Deus não podemos suportar o peso da vida, nem temos condições para enfrentar o drama da morte. Mas em Deus encontramos a abundância de vida, a vida eterna. Somente Ele pode dar sentido a nossa vida, bem como a nossa morte. Pois quem vive para Deus não morre nunca, mesmo tendo que passar pela experiência da morte. O Senhor é, pois, uma porta aberta para a vida. Com decisão entremos na vida de Deus por Ele, e tenhamos a humildade de deixar também Ele entrar e fazer parte da nossa vida.

Pe. Hélio Cordeiro dos Santos
Formador do seminário maior N. S. de Fátima
Brasília – DF


Leituras: At 2,14a.36-41 / Sl 22 (23) / IPd 2,20b-25
Evangelho: Jo 10, 1-10

Diocese de Formosa-GO
Diocese de Formosa-GOhttp://diocesedeformosa.com.br/
Criada em 16 de outubro de 1979, é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil, sufragânea da Arquidiocese de Brasília. Pertence à província eclesiástica de Brasília e ao Regional Centro-Oeste da CNBB.

Compartilhe

Últimas publicações

Evangelho NO HOJE (06/06/2020) – Marcos 12,38-44

Sábado da 9ª Semana do Tempo Comum Evangelho – Marcos 12,38-44 “O cristão vida da Fé” O Evangelho apresentado pela Liturgia deste sábado traz duas situações totalmente...

Evangelho NO HOJE (02/06/2020) – Marcos 12,13-17

Terça-feira da 9ª Semana do Tempo Comum Evangelho – Marcos 12,13-17 Nós, seres humanos, somos convidados a trilhar um caminho muito além de nós mesmos. É...

35 anos de Ordenação Sacerdotal do Frei Nicolau (01/06)

“Você é sacerdote para sempre, segundo a ordem do sacerdócio de Melquisedec”. (Hb 5,6) No dia 01 de junho de 1985, o Frei Nicolau (Stanistaw...

Solenidade de Pentecostes

Deus é a língua comum que une a diversidade dos homens entre si no seu Espírito Santo A celebração da Solenidade de Pentecostes leva “à...

Evangelho NO HOJE (30/05/2020) – João 21,20-25

Sábado da 7ª Semana da Páscoa Evangelho – João 21,20-25 “O que é importante?” A Liturgia deste sábado nos ajuda a vivenciarmos bem a última Semana da...

Mais visitadas

Últimos comentários

X